Dia da Consciência Negra pode se tornar feriado no Brasil.

287040

 

O projeto de lei do deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), que transforma o Dia Nacional da Consciência Negra (20 de novembro) em feriado no Brasil teve parecer favorável aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara na última quinta-feira (5).  A relatoria foi do parlamentar Chico Alencar (Psol-RJ) e a peça agora segue para apreciação no plenário. “É importante que a resistência da população negra diante da subalternização que lhe é imposta desde a época da escravidão, guarde um simbolismo que represente a atuação desse segmento de maneira ativa no processo de libertação e luta pelos seus direitos violados”, justifica Valmir sobre o projeto aprovado. A data de 20 de novembro, é também o dia em que se lembra da morte do herói nacional Zumbi dos Palmares.  Para Assunção, a aprovação da peça em plenário – próximo passo para se aprovar em definitivo a lei, “guarda em si a perspectiva do enfrentamento e da postura crítica ao discurso que projeta no imaginário a ideia da concessão branca em relação às conquistas historicamente empreendidas pelas negras e negros”. Ao refazer os passos do projeto, Valmir cita que a peça foi aprovada ainda na Comissão de Cultura (CCULT) com a relatoria da deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) em 2015.

Categorias: BAHIA, BRASIL, REGIONAL

Deixe uma resposta